1banner-site-rede-olabanner-rotativo-oceb-pode-te-ajudarocebseguro

Performance Competitiva e Horizonte Estratégico nas Cooperativas de Crédito foi tema de encontro das cooperativas de crédito na Bahia

foto-coletiva

Discutir o futuro do ramo crédito para o enfrentamento das constantes mudanças do mercado financeiro no país foi um dos objetivos do curso Performance Competitiva e Horizonte Estratégico nas Cooperativas de Crédito, realizado nos dias 18 e 19 de setembro, no auditório do Banco Central do Brasil, em Salvador.  A capacitação é fruto do Projeto OCB/DGRV em parceria com o Sistema OCEB, a Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB e a Confederação de Cooperativas Alemã – DGRV, e reuniu cerca de 90 representantes das cooperativas de crédito da Bahia, além de contar com a destacada participação de representantes do Banco Central do Brasil.

O presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, recepcionou o público juntamente com o consultor da OCB/DGRV, Silvio Giusti, e do Gerente Técnico do Banco Central do Brasil na Bahia, Godofredo Massarra dos Santos, que destacou o papel do Banco Central para o Sistema Cooperativo de Crédito do país, além de apresentar o panorama das instituições bancárias no Brasil. “O objetivo desse curso é contextualizar o amplo conhecimento para que as cooperativas de crédito além de focarem em seus negócios, entendam o que está acontecendo no ambiente econômico atual”, afirma Massara. 

Durante os dois dias foram feitas reflexões sobre mercado, estímulos e estratégias, dando destaque para a participação das cooperativas e a situação geral das operações de crédito no país, além da discussão de temas, como: identidade cooperativa, perenidade e governança cooperativa e o panorama da situação econômica na Bahia. A Gerente Técnica do Banco Central do Brasil, Ormina de Almeida, disse que o curso consolidou a formação dos gestores e futuros sucessores nas cooperativas, pois a intenção é de que a cooperativa seja contínua no tempo.

A aproximação do Banco Central do Brasil com as cooperativas de crédito da Bahia foi um dos pontos positivos destacados por Josemir Pereira Soares, Diretor Operacional do Sicoob Central Bahia. Segundo ele, as cooperativas devem estar alinhadas para realizarem o efeito multiplicador de tudo o que foi tratado durante os dias do evento: “o curso foi extremamente importante para o processo de perpetuidade e continuidade das nossas cooperativas, pois nos permitiu um direcionamento para ampliar, cada vez mais, a nossa participação no mercado”, disse.

Para o Conselheiro Fiscal da cooperativa Sicoob Leste Bahia, José Carlos Santana, a iniciativa agregou conhecimentos extremamente importantes, principalmente no que tange às incorporações face aos problemas do atual sistema financeiro brasileiro. “Temos que nos unir cada vez mais para obtermos uma força maior no mercado. Saber que o Banco Central está mudando, gradativamente, a sua visão sobre cooperativismo e tendo o cuidado de fazer essa interlocução conosco é muito positivo”, destacou José Carlos.

De acordo com o consultor do projeto OCB/DGRV, Sílvio Giusti, as cooperativas de crédito da Bahia precisam estar atentas para as mudanças do mercado e ao futuro do segmento: “É preciso estar atento às mudanças e ao futuro do ramo do cooperativismo de crédito a nível nacional. O que foi discutido aqui, nesses dois dias, é um horizonte bom, um norte para que as cooperativas de crédito da Bahia se posicionem e resgatem a sua identidade cooperativa, além de atentarem para a política de sucessão, vislumbrando a oxigenação dos seus conselhos de administração, fiscal e diretoria executiva para a eternidade do ramo crédito no país”, afirmou Giusti.

Desde 2009, o projeto OCB/DGRV vem sendo realizado com sucesso no estado da Bahia, com atividades de capacitação voltadas para a gestão e o desenvolvimento das cooperativas de crédito visando o seu fortalecimento e crescimento no mercado. 

Por Ascom/OCEB.

Confira as fotos: