960px-x-270px-banner-rotativo-age-site1banner-site-rede-olabanner-rotativo-oceb-pode-te-ajudarocebseguro

Direcoop reuniu lideranças cooperativistas para debater gestão e governança

logo-direcoop-materia

Profissionalizar a gestão para tornar o cooperativismo baiano cada vez mais forte é um dos objetivos do Sistema OCEB, que tem desenvolvido ações com foco no aprimoramento da gestão e governança das cooperativas do estado. E a gestão foi o tema central da quinta edição do Encontro de Presidentes, Dirigentes e Gestores do Cooperativismo Baiano, que esse ano passou a se chamar Direcoop.

Promovido pelo Sindicato e Organização de Cooperativas do Estado da Bahia – OCEB e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia - Sescoop/BA, organizações que integram o Sistema OCEB, o Direcoop foi realizado na capital do estado, Salvador (21/08), e em mais cinco cidades baianas: Luís Eduardo Magalhães (15/7), Irecê (29/7), Vitória da Conquista (5/8), Itabuna (12/8) e Feira de Santana (19/8). Foram mais de 260 participantes, dentre presidentes, dirigentes, gestores, conselheiros e assessores, que representaram 85 cooperativas.

Programação

O evento debateu sobre a temática “cenários e perspectivas da gestão”, que foi abordada na palestra “Gestão para a Excelência: agenda em cenários de mudanças exponenciais” ministrada por Jairo Martins, presidente da Fundação Nacional da Qualidade – FNQ, nas cinco primeiras cidades, e por Marcos Bardagi, Gerente de Portfólio, Operações e Conhecimento da FNQ, no último município do ciclo. Eles apresentaram informações importantes sobre os cenários político, econômico e social, tanto no âmbito nacional quanto mundial, e o impacto dessas diferentes realidades na dinâmica das organizações, destacando a necessidade das cooperativas realizarem seus planejamentos estratégicos e investirem em mudanças para acompanhar as tendências do mercado. “Dedicar um dia para discutir gestão é muito importante principalmente pelo papel que as cooperativas já desempenham no setor econômico. Foi uma experiência muito gratificante participar desse ciclo de palestras, destacou Jairo.

Além da palestra, foi realizada uma apresentação das ações que o Sistema OCEB tem realizado para responder às demandas apontadas na pesquisa de opinião aplicada em 2016 com as cooperativas baianas e os resultados já alcançados. Esta pesquisa tem direcionado os projetos desenvolvido pelo Sistema OCEB para apoiar o desenvolvimento das cooperativas.

Resultados

A intercooperação e a troca de experiências entre líderes de cooperativas de diversos ramos, a proposição de melhorias para o cooperativismo nas regiões e no Estado, bem como o levantamento de demandas das cooperativas para a elaboração do Plano Anual de Trabalho da OCEB e do SESCOOP/BA – 2018 foram resultados alcançados mais um ano com a promoção do ciclo de encontros.

A regionalização do Direcoop foi um dos pontos positivos apontados pelos participantes, e um deles foi o sr. Jaidy Pereira, diretor administrativo da Cooperativa Agropecuária dos Produtores do Território da Chapada Diamantina – Cooperbonito que esteve em Irecê. “Eu agradeço por descentralizar esse trabalho, sair da capital e vim para o interior, pois é mais fácil para nós e temos uma aproximação maior com vocês e vocês com a gente”, disse. Se aproximar das cooperativas para contribuir com o desenvolvimento participativo do cooperativismo baiano é um dos objetivos do Sistema OCEB ao realizar o Direcoop.

A realização desses encontros foi muito relevante para refletir sobre o sistema cooperativista baiano e estimular as cooperativas a melhorarem sua gestão e ampliarem seu acesso ao mercado”, afirmou Cergio Tecchio, presidente do Sistema OCEB.

Acesse todos os conteúdos (notícias, fotos e vídeos) da rodada de eventos do Direcoop pelo seguinte canal: http://ola.coop.br/direcoop

 

Por ASCOM SISTEMA OCEB